quinta-feira, 25 de junho de 2015

O ponto de situação do que acho do "Caso Maxi"

Agora que o Uruguai foi eliminado da Copa América, Maxi está sem desculpa para adiar as respostas acerca do seu futuro. Aparentemente, agora vai ser a família a ser envolvida na decisão. Aliás, como devia ter sido sempre, em vez de colocar o seu futuro nas mãos de um mercenário. 

Sobre o assunto em si. Todos ainda "sonhámos" com um Maxi a dar uma conferência de imprensa a desmentir toda esta história e que nunca quis sair do Benfica. Tenho a certeza que todos temos a secreta esperança que isso aconteça... Daí todas as declarações inflamadas que temos lido, contra o lateral. Quanto mais gostamos, mais ríspidos somos quando nos cheira a traição. De jogador banal a traidor ou de limitado tecnicamente a "é só raça e por isso é que gostávamos dele", já se leu um pouco de tudo. Óbvio que, tal como aconteceu com Jesus, hoje podemos ser um pouco mais sinceros sobre Maxi sem que nos caiam em cima. Há um ano atrás quem, numa análise honesta ao internacional uruguaio, o apelidasse de um jogador banal, precisando o Benfica de um lateral melhor seria enxovalhado. Porquê? Não se pode ser amplamente honesto na análise do Benfica, pois isso é atacá-lo! Só isso...

Quanto a mim, sou dos que sente Maxi como nosso. Ou sentia. Via nele um pilar do que deve ser um clube com a nossa história, com referências no plantel, que passam a nossa "mística" para os jogadores que entram. Bem sei que hoje o Benfica é uma plataforma giratória de jogadores. Mas se queremos continuar a ganhar, criar mística é fundamental. Maxi é isso. Acima de jogador, é história e exemplo. Claro que entenderíamos se ele quisesse sair do Benfica para um Dubai, uma China ou uns EUA e ganhar uma fortuna. Agora não podemos entender ou perdoar uma deserção para o FC Porto, mesmo que seja também pelo dinheiro. Ir para o Dragão é mais do que a "normalidade" de uma transferência como se lá fora, como muitos gostam de afirmar. Não é nada disso. É trocar de valores! Valores que Maxi alimentou e ajudou a alimentar, por outros. Diferentes. Opostos... É trocar 8 anos de ser especial para ser mais um... Mesmo que com um pouco mais de dinheiro. 

Quanto a mim, Maxi já inquinou em demasia a relação. Deixou-nos todos muito mal. Se quiser ficar, tem mesmo de se redimir e afirmar taxativamente que tudo isto foi história de jornal... Mas não acredito nisso! Maxi permitiu que isto se arrastasse. Maxi não respeitou a sua história no Benfica. Não respeitou o que lhe "demos" ao permitir que esta novela se arrastasse. Sobretudo levando em conta que o próprio Maxi já chegou a acordo com o Benfica, mas permitiu que Paco Casal se mantenha com o controlo da situação. Por mim, a relação já não vai ser a mesma. Podemos ter um Maxi vestido de vermelho, mas seremos muito mais intolerantes. Assim, sendo que o Benfica, ao que consta, já foi o mais longe que podia ir, não há mais a fazer. São 3 anos de contrato e 4,5M€ limpos que Maxi passa a receber até aos 34 anos. Para a nossa realidade e dada a idade dele é muito bom. Mais que isto é loucura e má gestão! Por isso, se Maxi duvida da boa fé do Benfica, se prefere trocar os nossos valores por outros, força. Já é tempo demais e o Benfica deve levantar-se já da mesa de negociações...

PS: Aos que dizem que lá fora tudo isto é normal, mostrem exemplos! Similares aos de Maxi. Gerrard nunca trocaria o Liverpool pelo ManUtd. Roy Keane nunca seguiria o caminho inverso. Maldini nunca iria para a Juve ou Inter. Totti na Lazio? Xavi em Madrid? Zanetti iria para o AC Milan? Sérgio Ramos no Barça? Existe espaço ainda para amor à camisola, quando se é bem tratado e acarinhado. Quem despreza isso, não é sério, não ama o futebol, nem o clube que os ama de volta. É apenas um profissional, a soldo do mais alto ordenado que apareça... E se assim é, não temos que "chorar" Maxi...
Off topic: Sílvio é um belíssimo "reforço", porém assinar por um ano demonstra alguma prudência em relação ao estado físico do jogador. O agora ex-Atlético de Madrid parece feito de porcelana e não consegue a regularidade para mostrar toda a sua qualidade. Se este ano for mais do mesmo, não restará ao Benfica outra opção que não renovar com ele e creio que Sílvio sabe-o...

20 comentários:

Vasco disse...

Espera aí... Isto é a gozar, não é? Só podes estar a gozar. Achas mesmo que não há exemplos similares aos do Maxi? Em primeiro lugar, vamos ver o que pediste: "similares aos do Maxi". E depois só dás exemplos de jogadores que têm a mesma nacionalidade dos clubes em que jogam. Bem similar, sem dúvida. Se calhar é bom lembrar que o Maxi é uruguaio. Não é das escolas do Benfica. Se ele for para um rival, faz o mesmo que fizeram Luis Enrique, Schuster ou Figo, só para falar nas trocas de Real Madrid por Barcelona. Ou Rui Águas, Paulo Sousa, Pacheco, Futre, Jaime Pacheco, Sousa e até João Vieira Pinto, para falar de casos portugueses. E ainda: Batistuta (River para Boca), Tevez (United para City), Pirlo (Milan para Juventus), Ibrahimovic (Juventus para Inter), Ashley Cole (Arsenal para Chelse), Sol Campbell (Tottenham para Arsenal), Lewandowsky (Dortmund para Bayern)...
Enfim. Tenta estar mais atento ao que se passa.

Paulo Marques disse...

Sergio Ramos no Barça nao sei :)

Red Army Officer disse...

Sugiro também que o amigo esteja mais atento também... Sérgio Ramos NÃO é das escolas do Real Madrid. Roy Keane é irlandês e Zanetti é argentino. Em tudo similar, parece-me bem! Maldini, Xavi, Totti e Gerrard serviram para ilustrar o exemplo de fidelidade e amor ao clube. Luis Enrique NUNCA foi madridista, nem das escolas era. Schuster e Figo são exemplos aos quais junto Maxi, se trocar para o FCP. Tevez jogou um ano no United... Ibra abandonou a Juve qd desceram de divisão. O Arsenal NÃO é rival do Chelsea, e mesmo assim Cole hoje é apelidado de TRAIDOR, Campbell, sim, apelidado de traidor pelos Spurs.... Pirlo foi dispensado... Por isso, o amigo tb tem de estar um pouco mais atento!
Cumprimentos!

Red Army Officer disse...

Ah Paulo Sousa é um belíssimo exemplo de judas à portuguesa, bem como Pacheco. N sei que idade o amigo tem, mas bem sei como ambos foram recebidos na Luz depois! E bem me lembro que muitos ainda hoje nem podem ouvir o nome dele sequer... Atento!

Vasco disse...

Tenho mesmo de estar mais atento. Pensei que o Zanetti era italo-argentino.
Estava mesmo convencido de que havia rivalidade entre os dois maiores clubes de Londres. Os ingleses também estão.
O Pirlo foi dispensado? Esquisito. O resto do mundo está convencido de que ele saiu porque o Milan lhe ofereceu um contrato de um ano quando ele queria três. O próprio jogador disse à Gazetta dello Sport: "Milan offered me a 1-year extension but I wanted 3 years because I was younger than the other players whose contracts were expiring,"
O Luis Enrique não conta porque nunca foi madridista. Esteve só 5 anos em Madrid. O Maxi é benfiquista? Desde pequenino, calculo.
E o Balotelli?
O Ibra abandonou a Juve quando desceram de divisão. Isso justifica que tenha saído, não justifica que tenha ido para um rival. Então e o amor à camisola? Porque é que não foi para outro país?
O Paulo Sousa e o Pacheco foram mal recebidos? Claro que foram! Mas estamos a discutir se os adeptos se chateiam quando os jogadores fazem isto ou se é frequente os jogadores fazerem isto? Os maridos e mulheres encornados também se chateiam por serem encornados, mas isso não torna a infidelidade menos frequente.
Até o Rui Águas, que era filho de quem era, trocou o Benfica pelo Porto. Quanto mais um uruguaio.

Red Army Officer disse...

EM relação aos clubes de Londres sugiro que pesquise quem é, historicamente, o maior rival de Londres. Sugiro mesmo, em vez de assumir coisas erradas! O Zanetti italo-argentino? É para rir essa?
Saiba que que Sol Campbell é persona non grata nos SPurs... E mesmo assim Ashley Cole é apelidado de Cashley Cole pelos fãs do Arsenal. Mas o rival é o Tottenham. Pesquise, sff! Pirlo, com um contrato desses, é a mesma coisa que ser dispensado! Balotelli sempre foi adepto do Milan caso não saiba. Inclusive fotografado com a camisola deles ainda no Inter. E o Sousa e o Pacheco foram apelidados de traidores, assim como o Maxi o será. E como o Rui Águas o foi!

Red Army Officer disse...

E casos que falou, como Sousa, Pacheco, Cole ou Campbell foram todos apelidados de traidores, o cerne de post, como o caso de Maxi!

Vasco disse...

Em relação aos clubes de Londres, o que tu disseste foi: "O Arsenal NÃO é rival do Chelsea". Não foi que não eram, historicamente, os maiores rivais. Historicamente, o maior rival do Benfica também não é o Porto. Mas Porto e Benfica são rivais. Tal como Arsenal e Chelsea. Isto é inegável. Sugiro que pesquises antes de afirnar categoricamente que dois clubes rivais não são rivais.
"O Zanetti italo-argentino? É para rir essa?" https://en.wikipedia.org/wiki/Italian_Argentine: "An Italian Argentine footballer, Javier Zanetti". Ah, ah, ah! Estou farto de rir!
Não sei qual é o cerne do post. O que eu estou a discutir, desde o início, é isto:
"Aos que dizem que lá fora tudo isto é normal, mostrem exemplos! Similares aos de Maxi". Mostrei vários. Há inúmeros exemplos de futebolistas que trocam o seu clube por um rival. Inúmeros. E "foram todos apelidados de traidores". Pois claro que foram! Qual é a admiração? Pois se trocaram o seu clube por um rival (coisa de que tu dizias não haver exemplos)...

Vasco disse...

"Pirlo, com um contrato desses, é o mesmo que ser dispensado". Claro, claro. Foi dispensado! Ops, é mentira? Hum... Então é o mesmo que ser dispensado. Se calhar o Maxi também acha que a proposta de contrato que o Benfica lhe fez é o mesmo que ser dispensado...

Red Army Officer disse...

Continua a desatenção e é pena que num texto todo o amigo só contesta o PS e sem grande razão. Por partes: Zanetti chegou a Itália depois dos 21 anos de idade. É italo-argentino pelos anos que vive em Itália, capicce?!
Mas ainda assim fico feliz de ter alcançado parte do cerne do post: se Maxi sair para o Porto a ´´unica" parte normal será a traição igual a de jogadores que citou. E por favor sobre as rivalidades do Arsenal não entre por aí...E por favor, pesquisar? Na Wikipedia?! Ai ai!

Red Army Officer disse...

E se o "satisfaz" poderei concluir de outra maneira: A ida de Maxi para o FCP é uma traição, comum ao que se vê noutros países. Ainda assim, traição! E há muitos exemplos de traidores e felizmente há daqueles que se dedicam a um clube, sejam de nascimento ou não desse clube!

Vasco disse...

Como o próprio nome de Zanetti indica, ele tem ascendência italiana. O avô era de Sacile, no norte de Itália. Capisci? (a propósito, capicce não é nada. Ou é capisci, segunda pessoa, ou capisce, terceira. Pesquisa. Pode ser na wikipedia).
Não sabia que, para contestar o PS, tinha de contestar o texto todo. Pensei que podia discordar apenas de uma ideia. No caso, esta: "Aos que dizem que lá fora tudo isto é normal, mostrem exemplos! Similares aos de Maxi". Há inúmeros. Inúmeros.
Quanto às rivalidades do Arsenal, é melhor dizer ao Guardian para não entrar por aí: http://www.theguardian.com/sport/2015/apr/22/a-brief-history-of-the-arsenal-chelsea-rivalry-and-why-it-matters
Breve história da rivalidade?! Como assim?! "O Arsenal NÃO é rival do Chelsea". Esta malta do Guardian não percebe nada das rivalidades do Arsenal.

Red Army Officer disse...

Creio que n... Até porque o Guardian é muito credível.... Sugiro que veja a história do Chelsea, até 2004, e a do Arsenal... Ah... Veja as cantorias do Wilshere e dos adeptos aquando do cortejo da vitória na Taça... Será mais útil que ler o Guardian! Ah já agora, saiba a história dos dois clubes, Arsenal e Spurs para perceber a rivalidade de ambos. N faça recortes de jornais da treta...
Zanetti iniciou-se para o futebol onde mesmo? Ah e desculpe se o meu italiano n é grande coisa!

Vasco disse...

O Guardian? Não, não presta. Péssimo jornal.
Portanto, como o Zanetti se iniciou no futebol na Argentina, o avô dele não pode ser italiano. Como o Robert Pires. Era francês. Nunca confessou o sonho de jogar no Benfica.

Red Army Officer disse...

E era do Inter desde pequenino... O amigo que veja as declarações dele quando abandonou o futebol acerca da sua chegada a Itália. E sim, o Guardian é muuuuito credível!!

Vasco disse...

Não é, não. O Guardian é do nível do Correio da Manhã. Ganhou o Pulitzer no ano passado por engano. Aliás, o Pulitzer também é um prémio sem credibilidade nenhuma. Eles não devem saber que tu decidiste que o Guardian não é credível. Credível és tu, que dizes que o "O Arsenal NÃO é rival do Chelsea". Isso é que é credível. É uma frase plena de credibilidade.

Também sem qualquer credibilidade temos ainda o Eurosport (http://www.eurosport.co.uk/football/chelsea-fans-pose-for-photos-with-premier-league-trophy-outside-arsenal-s-emirates-stadium_sto4756931/story.shtml

"Chelsea's rivalry with Arsenal has soured since Jose Mourinho's arrival at Stamford Bridge in 2004."), e vários sites sobre futebol inglês que não percebem nada de futebol inglês (http://www.givemesport.com/413368-arsenal-v-chelsea-a-great-premier-league-rivalry

"Arsenal v Chelsea: A great Premier League rivalry"),

(http://www.goal.com/en/news/1717/editorial/2009/11/28/1653698/arsenal-v-chelsea-the-historical-rivalry

"Arsenal v Chelsea: The Historical Rivalry").

Tudo gente sem credibilidade, pois desconhece que "O Arsenal NÃO é rival do Chelsea".

ana_slb disse...

Eu tenho essa secreta esperança...

Jamanta disse...

A deserção do Pacheco e do Paulo Sousa ainda hoje mexe comigo! Nem compreendo como é que o Pacheco há pouco mais de 1 mês esteve na BTV a fazer de comentador!!! Ainda o presidente fala no Danilo Pereira... E o Pacheco não fez algo bem mais grave!? Para aqueles menos atentos ou mais novos (que não saibam o enquadeamento) o Paulo Sousa foi formado no SLB desde o 9 anos ! E o Pacheco esreve no SLB várias épocas gloriosas! Eu fui dos que afirmei no ano que estes desertores foram para a retrete de alvalade que tínhamos de ser campeões, nem que estivéssemos 7 ou 8 anos sem ser campeões. Felizmente fomos, mas depois também estivemos 9 ou 10 anos sem ser campeões. Mas estes desertores também nunca ganharam nada pelo SBORDING!!! Viva o GLORIOSO SLB!!!!

Red Army Officer disse...

O meu amigo pense o que quiser... Eu só por acaso conheço a história do Arsenal... O meu amigo vê sites parvo, faça como quiser. Se pensa que os rivais históricos do Arsenal são os do Chelsea fique-se com essa, eu prefiro a realidade... Sugiro mais uma que veja os festejos do Arsenal, a quem eles se dirigem, se é ao Chelsea.... É que ir Google e escrever coisas tem muito que se lhe diga! É que o Chelsea é um clube que "apareceu" há 11 anos.... Se calhar pensa que os blues alguma vez foram alguém...

Ah n se esqueça do "italiano" Zanetti nado e criado em Italia..oooops, não, chegou a Itália aos 22 anos...

Anónimo disse...

"Se pensa que os rivais históricos do Arsenal são os do Chelsea fique-se com essa"

Não. O que tu disseste foi "O Arsenal NÃO é rival do Chelsea". Os sites parvos do Eurosport e do Guardian é que discordam.

Enviar um comentário

Debatam... Discutam as ideias. Não insistam no ataque e ofensa pessoal. Apresentem argumentos válidos a favor ou contra. Fora isso, será removido.