sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Os 400 Milhões à merceeiro!

Antes de mais, o mero facto de posicionar o Benfica para este negócio merece um forte aplauso a Luís Filipe Vieira. Sempre fui e sempre serei um crítico do Presidente. Mormente na vertente da SAD. Porém, isso não me tolda a visão de reconhecer mérito quando ele é devido. Já o mesmo não se pode dizer de outros quando é para defendê-lo. Bipolares... Como disse, posicionar o Benfica neste negócio é um mérito empresarial, a área de eleição de Vieira, pois de futebol percebe pouco, com os evidentes custos ao longo do mandato. Mas... não embarquemos já na locomotiva NOS. Há coisas por explicar e de certo que os benfiquistas nunca irão saber o suficiente sobre o seu próprio clube, como é habitual na gestão Vieira. A transparência não é uma coisa que assista o nosso clube, com a conivência de muitos, os mesmos que exigem-na a outros... 

Mas adiante! Nunca defendi que a BTV fosse um concorrente da SporTV!Ao contrário dos que estavam excitados com isso (e agora estão excitados com o contrário...), sempre defendi uma Benfica TV, não a BTV... Sempre defendi um canal exclusivamente dedicado ao clube, de montra do clube. De debate sério e honesto do clube. Enfim, como se faz nos países com Ligas mais avançadas! Por isso, não me escandaliza este volte face. Por outro lado, cumpre esclarecer algo: o Benfica não vai receber 40M€ época. Pode sim receber, ao cabo de 10 anos 400M€. É diferente também. E não me interessa a SporTV, pois aquilo é uma empresa, quer lucros, não a destruição do clube A ou B... Podem ter uma agenda de promoção de um clube, mas se isso influenciar lucros, esqueçam! 

Outra coisa importante: Vieira falou em ano de mudança, nomeadamente de aperto do cinto. Aqui se prova que esta proposta foi algo "caído do céu", que estava fora das cogitações do Presidente. A mudança deu-se no audiovisual, que viu no Benfica algo de apetecível (o mérito de Vieira está aqui. Só.). A mudança de paradigma terá de ser mais profunda ainda! A SAD não pode voltar aos tempos do pack 15M€. Nem pode continuar a gastar estapafurdiamente dinheiro, como fez este ano, em jogadores sem calibre. Tem de concentrar o esforço financeiro em apenas 2/3 jogadores por ano. Mas craques. E o resto do plantel ser nutrido com a equipa B. O paradigma tem de ser este e nisso a "estrutura" falha constantemente. Com responsabilidades claras para o líder da SAD. Com este novo contrato e com o dinheiro da Liga dos Campeões, para a época 2016/17 não há volta a dar: o Benfica tem de apresentar um plantel fortíssimo. E competitivo. De preferência com Vieira a ter a visão de passar a pasta do futebol a outrem... 

Agora, o mais importante de tudo, o passivo. Por ter conseguido estes números gigantescos para o clube, é dever de Vieira liderar a SAD nos primeiros 3 anos de contrato. Tenho que apoiar a sua reeleição. Porquê? Simples... Neste momento, veremos se LFV é um grande gestor ou não. Com os montantes envolvidos, há uma dupla obrigação: manter um Benfica fortíssimo, em condições de assegurar uma liderança no futebol (senão mesmo hegemonia), bem como de reduzir o passivo em pelo menos um quarto do mesmo em 3 anos. Do que adianta um contrato destes com um Benfica sem títulos e com o passivo a aumentar como até aqui? 0! 

O Benfica havia defendido, primeiro, o dinamismo da BTV e depois a centralização dos direitos. Mais uma prova do inesperado destes números e como tudo se precipitou. Mas isto é uma facada na liderança da Liga, apoiada por Sporting e Porto. E pode ser algo de decisivo para que o Benfica imponha outro tipo de agenda no futebol nacional. Mas é preciso proatividade e não mais do mesmo...  Por outro lado, isto vai mexer com o âmago dos rivais, que vão querer mais dinheiro. E não duvidem: vão tê-lo. Resta saber se mais do que nós. Isso não acredito, mas vão melhorar os acordos actuais, sem dúvidas. E aqui vai entrar a argúcia desportiva. Veremos...

Off topic: O Sporting continua a ser um clube absolutamente ridículo, ao ter riscado Marco Silva de treinador do Ano na Gala de Julho e ao atribuir a JJ o Prémio Stromp de 2015 em Dezembro. Absolutamente ridículo! 

7 comentários:

Adoro o Benfica disse...

Bom Dia.

Infelizmente é um péssimo negócio.Péssimo.

O Benfica com a Btv tinha de receita 35 milhões de euros brutos.

Como os custos da BTV nunca foram divulgados , mas estão na casa dos 12 milhões de euros.

Tinhas de receita liquidas 23 milhões de euros.

Tristeza profunda e muito medo é o que sinto por esta gestão atual do Benfica.

Este acordo vai fazer o Benfica regredir anos em relação aos outros clubes internacionais e quiça nacionais.

Neste acordo com a Nos com valores progressivos a 10 anos num total de 400 milhões de euros.

No primeiro ano deves começar com valores brutos de 30 a 35 milhões nunca mais que isto.Tira-lhe menos 8 milhões de custo da Btv os quais o Benfica vai gastar na mesma e ficas com mais algumas "migalhas" do que o Benfica ganha atualmente.

Fazendo a conta aos 32-8= 26 milhões líquidos.

Achas que é com esses 3 milhões de receitas liquidas a mais que vais baixar o passivo?

O mercado das transmissões de jogos na tv tem duplicado no espaço tempo de 10 anos.Logo quando chegarmos a 2026 o normal será as transmissões televisivas do Benfica valerem no mercado 65 milhões a 75 milhões.

Continuas a achar bom negócio?

Já para não falar do facto da impossibilidade de futuros Presidentes do Benfica não poderem impossibilitar a auto-renovação do contrato com a Nos nesses 10 anos.Ou seja ficam de pés e mãos atados.

Sporting e Porto venderão os seus direitos de tv na casa dos 28 milhões a 33 milhões mas sem distribuição do seu canal ou seja sem custos.

O Benfica arrisca-se a ganhar menos que Sporting e Porto.

Mesmo os custos da BTV a descerem no espaço de 2 anos para os 5 milhões dá-te uma média nestes 10 anos de 35 milhões liquidos.

Saudações Benfiquistas.

Anónimo disse...

tem que concentrar esforcos financeiro em 2 ou 3 jogadores mas craques. e reforcar a equipa com jogadores da equipa B. Totalmente de acordo.

moleculasdeamor disse...

Concordo em absoluto com tudo, só acrescento para tornar a estrutura desportiva mais leve, o Benfica deve vender todos os atletas que se percepcione não terem condições de se tornarem mais valias no futuro, essas vendas podem ancorar-se em partilhas de passes ficando o Benfica numa situação minoritária nos direitos desses atletas. Digo mais para tornar sólida esta transição devem ser contratados jogadores "desconhecidos" mas de qualidade com idades entre os 23 e 25 anos para a posição de guarda-redes, central, defesa esquerdo, médio centro e um ou 2 extremos consoante a situação estratégica de salvio e gaitan. José Sá parece-me ser uma solução super interessante, aquele médio brasileiro que se falou na comunicação social ontem (??) é ver se interessa, ... haja cabeça!!!
Saem todos a ganhar!! os dirigentes, os empresários e os adeptos bem como os atletas que ficam com a vida clarificada. Termos um Benfica de dimensão europeia em 2 ou 3 anos representa uma montra para toda a sua estrutura e até para a realização de negócios pessoais, porque uma empresa florescente chama a atenção do poder económico!

Viriato de Viseu disse...

Creio que no final do contrato, quer dizer, lá para o 8º - 9º e 10º ano, esses 40 milhões devem valer o mesmo que o mamão chupista nos dava de esmola. Lembram-se? Eram 7 milhões...
E o que se vai fazer àquela catrefada de funcionários que a BTV contratou recentemente?

Anónimo disse...

"Fazendo a conta aos 32-8= 26 milhões líquidos"

Basta ler esta "matemática" para se ficar logo com uma ideia de toda a ridicularia dos argumentos.

Adoro o Benfica disse...

Cometi um lapso tremendo e por isso peço desculpa.

32-8= 24 milhões líquidos.

Saudações Benfiquistas.

Anónimo disse...

nunca vi maior arrozado de imbecilidades. mandavas à falência o próprio fmi em menos de um fósforo.

Enviar um comentário

Debatam... Discutam as ideias. Não insistam no ataque e ofensa pessoal. Apresentem argumentos válidos a favor ou contra. Fora isso, será removido.