terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Russos e brasileiros e perguntas que ficam...

Epah, às vezes uma pessoa olha para as notícias e fica intrigada... Naturalmente que para alguns isso não é digno de verdadeiro benfiquista. O adepto ideal é aquele que pura simplesmente paga, diz carrega Benfica e pronto. Pelo meio, um amén a tudo o que é feito, sem questões. Mas ao olhar os factos não consigo evitar questões. Claro que não estou por dentro, daí questionar. Mas os que não questionam também não estão lá... Ponto! Uma chatice, dá-me para pensar, o que hei-de fazer!?

Então o Benfica B, que vinha a fazer uma boa campanha, tem sido delapidado, com constantes saídas. Lógico que assim os jogadores não crescem no clube. Mas por outro lado, ganham traquejo. É bom, não? Depois, temos aqueles que colocam pouca ou nenhuma fé neste escalão. E porquê? Porque os jogadores apresentam inexperiência. Imagine-se! É óbvio. São putos! Queriam o quê? E os melhores são emprestados. É claro que os que ficam sentem mais dificuldades. Obviamente que para os miúdos vindos do lá de lá do Atlântico há sempre mais uma chance a dar... 

Os negócios de ontem. Vitali Lystov, Carlos David e Flávio Silva. Tudo com 18 anos. Porquê?! Então mandamos os nossos embora e trazemos de fora para a B? E estes? São para dar o salto? Têm potencial? São fruto de prospecção, é o quê? Ninguém sabe... Segundo uns, nem interessa. Ainda neste negócio: Flávio Silva a título definitivo. Lystov com opção de compra e Carlos David... não? Mas estes jogadores são para encher chouriços? São meros reforços para Hélder Cristóvão, sem chances de almejar a algo mais? É tudo nebulado, sem explicações e sem, aparentemente, estratégia.

Entretanto, continua a delapidação. Dolly Menga. Vai para Braga, essa fabuloso aliado do Benfica. Depois de Djavan ter ido parar ao Axa sem se perceber bem. E sem que muitos sequer se interrogassem (que chatice, lá está). Agora, mais um produto da, ahem, prospecção a viajar lá para cima. Sem justificação, sem lógica... Obviamente, que haverá uma estratégia, pensarão muitos. Eu acho que não! Não por não confiar em Vieira (e não confio), antes é pelo passado do presidente nestes assuntos. Em 12/13 anos de "vieirismo" nunca houve uma política desportiva sólida. E o que existe hoje assente só na capacidade de Jesus...

Outra: depois muita gente se admira que os miúdos não fiquem propriamente entusiasmados quando lhes oferecem um contrato profissional. Rui Fonte, o tal que foi promovido, melhor marcador da II Liga e com 24 anos (sem experiência e maturidade portanto) vai para o Belenenses! O  quê? Quem? Porquê? Tudo bem dizem muitos! Eles sabem o que fazem...

A questão: a aposta na formação? É só para enganar os tolos? É criar jogadores para os outros aproveitarem, enquanto fazem os benfiquistas acreditar que andamos a enganar os clubes estrangeiros. Se a aposta é transformar o Seixal numa academia aberta onde se formam jogadores para fora, óptimo. Mas admitam isso, sff.

PS: Hernâni: um bom produto saído do excelente Vitória que se escapa. Não é sul americano. Uma pena... 




4 comentários:

ATF disse...

Mais um texto a deturpar tudo o que é gestão de ativos do Benfica!. Não há pachorra, até pq se no meio disto tudo o Benfica fosse buscar o Hernani haviam vcs de dizer, de certeza, que o Vieira estava a fazer negociatas com o tipo de GuimaRAES E QUE SO FAVORECIA A FORMAǺÃO dos outros clkubes. Tenham dó e paciencia. Temos sete jogadores na seleção de juniores que vai jogar em Espanha e daqueles 7 se um ou dois forem aproveitados no futuro é um grande trabalhos e se os restantes têm de ser recolocados no mercado, com criterio...e não transformar o benfica num centro de rendimento minimo de jogadores sub 23

subasic disse...

Hernâni por 4,5 milhões? não, obrigado! não sustentamos chulos... já para não falar que o guimarães recebeu 3 jogadores emprestados dos porkos em contrapartida... grande negócio... para os minhotos!

Red Army Officer disse...

Sobre os comentários, cumpre dizer o seguinte:
- A prova que ter miúdos rende! O Vitória tem tirado rendimento desportivo e financeiro. É um clubemais sustentável hoje que há 3 anos!

- Sobre o dito pelo ATF: Deturpar, onde? Penso ter exposto factos e ter deixado questões, às quais o amigo n responde. Aponta que temos gente de valor, mas não se questiona porque n se aproveita essa gente. Ninguém deturpa nada, aponta-se factos. Só! Negociatas nunca seriam com o Guimarães, mas sim com o Braga (como já acontecem...)

moleculasdeamor disse...

A falta de uma politica desportiva e financeira é tão óbvia que até doí... o que me consola é ter (uma quase) certeza que os apoiantes de LFV devem ser 2 ou 3 funcionários que fazem este trabalho sujo de apoiar o inapoiável.

Enviar um comentário

Debatam... Discutam as ideias. Não insistam no ataque e ofensa pessoal. Apresentem argumentos válidos a favor ou contra. Fora isso, será removido.