quinta-feira, 11 de junho de 2015

É o fim do caos: Rui Vitória chegou.

Enquanto a novela Jesus teve um fim absolutamente imprevisível e bombástico, já a novela do novo treinador do Benfica foi mais fraquinha ao nível de argumento e com um final previsível. O que no caso não significa que seja uma má história. Digamos que é um prelúdio. A verdadeira novela é para ser acompanhada ao longo de 34 episódios e acaba lá para Maio. Aí sim, veremos o que vale este melodrama.

Uma declaração de princípios: Marco Silva era o meu treinador preferido. Pela competência, pelas qualidades que mostrou no Estoril e no Sporting e pelo factor motivacional que traria. O seu e o que passaria aos adeptos. No entanto, Rui Vitória, no mercado realista de treinadores para o Benfica, é um nome que me deixa satisfeito também. Por isso essa parte está arrumada. Estou com Vitória a 100% e sem reservas. O que não implica a isenção de críticas, caso o ache necessário! Por fim, uma declaração de estupefacção para aqueles que queriam... Vítor Pereira no Benfica. Isso é errado em tantos níveis, que nem vale a pena enumerar...

Já há treinador, agora o importante é arrumar a casa. Rapidinho. E espero que a demora na apresentação oficial de Vitória se prenda com o facto de Vieira estar a ultimar a aquisição de uma verdadeira truta, para que se possa trazer algo que "proteja" o novo técnico. E essa truta não pode ser Adel Taraabt, que apesar de ser um reforço interessante, não me deixa completamente tranquilo, pois o seu passado não é imaculado... Aliás, já o havia manifestado aqui, junto de Rui Vitória tem de vir alguém que dê um factor extra de entusiasmo. Algo que o técnico não consegue gerar. Ainda. Que bom seria se fosse Coentrão. Jorge Mendes contamos contigo... E pode ser que isso signifique que Eliseu seja dispensado...

Outra coisa que desejo que aconteça com Rui Vitória é que consigamos chegar ao 1º jogo da época com um 11 definido. Que o defeso ocorra sem sobressaltos. Óbvio que compreendo que ao nível de saídas nunca se pode ter segurança total. Mas no que toca a aquisições tudo tem de estar pronto mais cedo que o costume. E sem adaptações! E invenções. Neste momento, sabemos que o Benfica precisa obrigatoriamente de reforçar as asas com qualidade: sem Salvio, Sulejmani e com Gaitán e Ola John mais perto de sair, não é preciso ser-se um génio da gestão desportiva para perceber que quando os treinos arrancarem terão de lá estar já dois reforços de qualidade para essas posições. Taraabt (se o considerarmos de qualidade) já está. Falta pelo menos mais um! E eu diria que falta ainda um defesa esquerdo (de qualidade comprovada) para rivalizar com Marçal. O resto dos sectores creio estar com a qualidade suficiente para lutarmos pelo título. 

Por fim, o "Vitória dos miúdos". Veremos como será a relação com a B. Se funcionar como em Guimarães, creio que será perfeito. Daí achar um erro Vieira afirmar que serão 5 jogadores. Podem ser 5 ou 7 ou mais! É consoante a necessidade da equipa A. E é necessário verificar desde já as sinergias entre Rui Vitória e Hélder Cristóvão, ver se são compatíveis a 100%. Disso depende em muito o projecto de Vieira. 

E por falar em miúdos, Raphael Guzzo continua a ser um dos melhores dos sub20. Se a isto juntarmos a belíssima temporada em Chaves, acho que temos reforço. E assim se prova que uma selecção jovem é tão mais forte, quanto mais os seus jogadores jogarem... Guzzo, um nome para Vitória ver.

E pronto, o caos acabou. Temos treinador. Agora por favor, não comecem já com a conversa do "temos de apoiar" e acabou! Apoiar é no estádio, nos cafés deste país, a cada 90 minutos. No resto do tempo é ter uma visão analítica do assunto. Pois falamos do Sport Lisboa e Benfica e não de um clube de esquina! A melhor da sorte para Rui.

4 comentários:

cards disse...

Excelente texto. Rumo ao 35.

José Ramalhete disse...

Se já temos 11 contratações e dizes que precisamos de 3, parece que há até gente a mais. Vão para onde? Para a equipa B, cortando o acesso aos jogadores das camadas jovens?

Red Army Officer disse...

Onze aquisições? Quem? Perdemos 2 titulares absolutos, Salvio e Gaitán, os maiores craques da equipa, a par de Jonas. Óbvio que ambos terao de ser substituídos por gente de indubitável qualidade. Os suplentes é que serão miúdos.

nonameslb disse...

O caos existiu mas foi em Alvalade,melhor esse caos ainda nao acabou e vai continuar.

Enviar um comentário

Debatam... Discutam as ideias. Não insistam no ataque e ofensa pessoal. Apresentem argumentos válidos a favor ou contra. Fora isso, será removido.